Não podemos negar de que a moda está em constante evolução e isso é algo inexorável, mas uma tendência minimalista, já batizada de guarda-roupa em cápsula, vem ganhando cada vez mais espaço.
Trata-se, como o nome mesmo sugere, de manter em seu armário apenas 10 ou 15 roupas e acessórios básicos, mas muito usados. Muitas vezes as pessoas de sucesso optam por esse estilo. Um caso bem conhecido é o do fundador do Facebook, Mark Zuckerberg. Mas você talvez se pergunte: “Por que, com tanto dinheiro, optar pelo básico?”

Foto de capa: soulpost

Parara responder esta pergunta você deve analisar os 7 pontos principais que motivam pela escolha do guarda-roupa em cápsula:

1. Menos decisões: quanto mais decisões você tem de tomar, em geral, pior a qualidade dessas decisões. Essa é uma opinião de Zuckerberg. Para pessoas como ele e tantos executivos, que têm de tomar muitas decisões importantes no trabalho, eliminar questões pequenas, como que tipo de roupa vestir, representa mais tempo livre e mais espaço na cabeça para se ocupar com outros pensamentos. Mark é conhecido por usar camisetas, mas o raciocínio vale para executivos que possuem poucos, mas bons ternos.

2. Menos investimento em termos de tempo: não somos capazes de notar quanto tempo dedicamos à escolha de nossas roupas até que deixemos de pensar nisso. Há cinco anos, foi realizado em Moscou um teste batizado de ’333′. Durante 3 meses, voluntários foram autorizados a usar somente 33 peças de roupa. Os participantes relataram que, com isso, passaram a economizar tempo e a se arrumar mais facilmente para ir ao trabalho.

3. Menos stress: como destaca a diretora de arte Matilda Kahl, de Nova York, quem adota o guarda-roupas cápsula se preocupa menos com roupas ao longo do dia. Deixam de pensar em questões como «será que estou muito formal?» ou «este sapato é adequado para a ocasião?». Matilda afirma: «Quase sempre me arrependia do que estava usando já no momento em que entrava no metrô». Hoje, usando uma camisa branca de seda e uma calça preta, a diretora tem uma preocupação a menos todos os dias.

4. Você gasta menos energia: o diretor Christopher Nolan (de ’Batman Begins’), adepto da tendência, lembra que escolher a roupa toma energia, mas manter um guarda-roupa com muitas roupas também toma um tempo danado. É preciso lavar a roupa, secá-la, passar, etc. Ok, você pode ter quem faça isso, mas não se esqueça que, mesmo essas pessoas poderiam estar lhe ajudando com outras tarefas.

5. Menos roupas, mais qualidade: muitas vezes um guarda-roupa grande não significa que você use tudo que está lá. «Antes, meu guarda-roupas era como um enorme restaurante por quilo: a variedade de itens era enorme e gerava uma enorme confusão», diz uma jovem mãe. E não me sentia confortável com a maior parte das roupas. Hoje, ele é como um restaurante fino: cardápio enxuto e de qualidade. Tenho poucas roupas, mas sei que cada uma delas é perfeita. Me visto melhor, me sinto melhor.

6. Você vai transmitir estabilidade: a escritora Alice Gregory, de Nova York, diz: Usar o mesmo estilo diariamente é uma forma econômica e fácil de sentir-se famoso. Vestir-se bem e da mesma forma mostra amadurecimento, estabilidade e valores. É por isso que os personagens de livros infantis sempre vestem a mesma roupa; eles são um exemplo a seguir.

7. Menos gastos: Falando de forma séria muitas vezes mantemos em nossos armários roupas que jamais vamos usar, já pensou em quanto isso pesa no seu bolso?

Tradução e adaptação: Incrível.club